Home > Blog > Casos > O detetive particular pode trabalhar em mais de um caso por vez?

O detetive particular pode trabalhar em mais de um caso por vez?

A profissão de Detetive particular já é reconhecida perante a Lei e toda a sociedade como profissão regulamentada, tendo direitos e deveres a cumprir.

O profissional dessa área pode atuar, segundo a Lei do país em diversos casos, como suspeitas de infidelidade conjugal, desaparecimento de pessoas, identificação de paternidade, envolvimento de familiares com drogas e pessoas suspeitas, entre outros.

Para tal, ele poderá utilizar um sem-número de equipamentos e técnicas de investigação para monitorar os suspeitos e levantar provas. Desde pesquisas na Internet, até campanas e produção de fotos, áudios, vídeos, passando por material de escuta, o profissional monta uma estratégia de atuação específica para cada cliente, de acordo com o tipo de caso e os objetivos que deseja alcançar.

Cabe ao cliente fornecer todas as informações iniciais para nortear o início do trabalho do profissional, que formulará as suas ações a partir daquilo que tiver em mãos. A partir daí, começam as pesquisas iniciais e o monitoramento, seja no campo virtual ou no ambiente físico.

 

Um trabalho repleto de detalhes

 

O trabalho do Detetive não é algo que qualquer pessoa pode fazer e requer, além do dom natural da pessoa, um curso específico para tal. Afinal, existem técnicas e condutas que o Detetive precisa seguir em todos os momentos, além do risco à integridade física que este fica exposto.

Dependendo da profundidade do caso, o profissional terá todo o seu tempo tomado com as investigações. Todavia, dependendo do tempo de experiência e da condição financeira do Detetive, este possa ter uma agência de Detetives, o que possibilita que seu trabalho seja facilitado, com funções sendo delegadas para outros Detetives, que acompanharão o caso em seus diversos momentos.

Além disso, e apesar de ser um trabalho detalhista, existem profissionais que assumem dois ou mais casos ao mesmo tempo, pela experiência ou por serem casos simples e que não tomem todo o seu tempo.

Cabe também ao cliente aceitar ou não ser atendido por um Detetive que esteja envolvido com outros casos.

Postado em 23/06/2015