Konami Code?

Onde?

Home > Blog > Casos > Uma investigação só termina com o flagrante?

Uma investigação só termina com o flagrante?

O processo de investigação não é igual para todos os tipos de caso. Cada situação requer um processo específico e que atenda às necessidades de cada cliente. O foco são os resultados esperados e, dentro desse contexto, cada investigação terá uma finalidade e um momento específico para ser encerrada.

Em função disso, o Detetive particular elabora uma estratégia de atuação para que a investigação seja particular, formatada exatamente com todas as necessidades do cliente.

Quando o cliente entra em contato com um Detetive, ele terá que fornecer dados, detalhes e informações para que seja definido o melhor caminho a ser seguido e, com isso, a investigação seguirá na direção daquilo que é esperado pelo cliente.

Por isso, é importante conhecer as fases da investigação, pois existem muitas dúvidas que surgem ao longo desse processo. Uma delas é saber quando termina a investigação. E a resposta mais acertada é que o final da investigação dependerá do objetivo do cliente. Ela pode terminar somente quando for feito o flagrante ou em uma das fases da investigação, pois o cliente pode não querer encarar a verdade de frente. Para muitos, apenas algumas provas já serão o bastante.

 

Fases da investigação

 

1 – A partir dos dados fornecidos pelo cliente, o Detetive fará o levantamento de todas as informações que serão necessárias para o andamento das investigações.

 

2 – Busca de documentos que possam comprovar as suspeitas.

É importante frisar que, dependendo dos objetivos do cliente, aquilo que for levantado aqui já seja o suficiente para encerrar as investigações.

 

3 – Obtenção de provas, dentro das leis do país, que comprovem as suspeitas. Isso pode ser conseguido através de áudios, vídeos, gravações, fotografias, entre outros.

 

4 – Envio de relatórios diários, semanais, quinzenais ou mensais com o detalhamento de tudo o que foi descoberto.

 

5 – Formulação e envio de um relatório final com tudo o que foi observado e comprovado pela investigação.

Postado em 25/06/2015